info
Seja bem-vindo ao site oficial do Agrupamento de Escolas Prof. Reynaldo dos Santos.

CLUBE HELPO DA REYNALDO

A missão...

A Helpo é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, sem fins lucrativos, de Direito Português, nascida em Novembro de 2007. É uma Organização laica e apolítica que leva a cabo programas de apoio continuados, projectos de assistência, ajuda humanitária, desenvolvimento comunitário, educação para o desenvolvimento e desenvolvimento humano em múltiplos países do hemisfério Norte e Sul do Mundo e que se serve, para a concretização das suas actividades, da colaboração dos seus parceiros, associados, funcionários, padrinhos e voluntários cuja motivação se coadune com a Missão, Visão e Valores da Organização.


Campanhas

FEIRA "CINEMA E LEITURA" ATÉ 19 DE NOVEMBRO

Com os fundos angariados o Clube vai continuar a apoiar a escolinha de Mahunha, em Nampula, e a oferecer um Futuro Maior às afilhadas Amissina, Elizabeth e Salaina e ao afilhado Luís, garantindo-lhes o prosseguimento de estudos para além do 8.º ano de escolaridade


CAMPANHA DO MEALHEIRO
Até 23 de junho

A Campanha do Mealheiro é uma iniciativa do Grupo Helpo da Reynaldo destinada a angariar fundos para continuar a amadrinhar|apadrinhar a escolinha de Mahunha (Nampula, Moçambique). Há mealheiros no acesso às salas de pessoal docente e não docente e na papelaria. Podes contribuir até 23 de junho. Cada donativo dá direito a um brinde-recordação. Os brindes foram feitos com muito entusiasmos pelas e pelos discentes do Grupo Helpo da Reynaldo. Lembramos que a escolinha de Mahunha é frequentada por quase uma centena de crianças e que a esta aldeia também têm chegado famílias refugiadas da província de Cabo Delgado. Contribuímos para o direito das crianças à educação, um requisito do ODS 4. O cartaz da campanha foi feito por 2 alunas do 8.º ano.


Dinamizadores
Objetivos
Atividades
Links
TRANSFORME O SEU IRS NUMA ESCOLA
Solidariedade com crianças das escolas de Moçambique

Em Moçambique mais de 1,2 milhões de crianças não vão à escola, mas todos podemos contribuir para que isso faça parte do passado. Basta apenas doar 0,5% do seu IRS à HELPO para ajudar dezenas de milhar de crianças moçambicanas a poderem estudar.

O Grupo Helpo da Reynaldo apela à consignação do IRS a favor da Helpo. Este cartaz, feito pela Catarina Mateus do 8.ºB, a partir de informações do site da HELPO, e validado em reunião geral do grupo, sublinha o facto de a HELPO já ter construído 27 salas de aula nas províncias mais pobres do norte de Moçambique, com o IRS da população portuguesa. É fácil, aqui explica como.


Balanço de 2020/2021

  • A Campanha de recolha de bens para as mulheres e crianças refugiadas do Norte de Moçambique ultrapassou as expectativas e mereceu elogios por parte das técnicas da ONG HELPO.
  • A recolha de Livros e Filmes em DVD, para a qual contribuíram, foi excelente e permitiu uma feira de vendas durante uma semana, em turnos que mobilizaram 50 discentes do Grupo Helpo da Reynaldo e que se traduziu num sucesso, não só em termos dos fundos angariados, mas também ao nível do desenvolvimento de competências de responsabilidade, autonomia e solidariedade.
  • A Campanha do Mealheiro, com 2 mealheiros (papelaria e entrada da sala de docentes) foi um sucesso, evidenciando também o espírito de solidariedade da comunidade escolar.
  • A Campanha de consignação do IRS é mais difícil de avaliar, mas recebemos algumas mensagens positivas.
  • Todas estas campanhas têm sido divulgadas pela Associação de Mães/Pais/EE e houve evidências do seu impacto positivo.
  • O Grupo fez ao longo do ano triagem e encaixotamento de manuais escolares que foram também entregues à HELPO.
  • A Campanha Pintar em Moçambique traduziu-se em mais originais de livrinhos para colorir para enviar para as crianças da escolinha de Mahunha (amadrinhada|apadrinhada pelo Grupo).
  • A Campanha Palestrinhas (divulgação do projeto por equipas do Grupo junto de todas as turmas do 7.º ano) traduziu-se numa adesão extraordinária de novos membros ao projeto.
  • O pedido do Grupo Helpo da Reynaldo para passar formalmente a Clube mereceu parecer positivo do Conselho Pedagógico.
  • Balanço final:

    Neste ano letivo, o Grupo cresceu para 60 membros, de várias turmas do 7.º ao 11.º ano, e ganhou estatuto de Clube. Os fundos obtidos permitiram não só a renovação do amadrinhamento|apadrinhamento coletivo da escola de Mahunha (Nampula, Moçambique), mas também um alargamento dos apoios e o Grupo decidiu, em reunião, amadrinhar/apadrinhar 3 meninas e 1 menino com bons resultados escolares, para poderem prosseguir estudos para além do ensino básico. Os elementos do Grupo evidenciaram responsabilidade e autonomia e aprenderam a valorizar mais a escola e a olhar e agir com mais solidariedade para outras crianças e pessoas.